Porto Velho/RO. Quinta-feira , 19/Out/2017


23/08/2017 11h19

Alunos da Modalidade Qualificação Profissional participam de estágio em panificadora local



Atendendo pedido do presidente do Sindicato das Indústrias de Panificação do Estado de Rondônia (Sindipan-RO), José Balbino Nascimento e da Gerência da Escola Senai Marechal Rondon, o empresário Eretiano Melo abriu as portas da Panificadora Pão Recife aos alunos do curso de Panificação para uma visita técnica, sob a supervisão do professor Cleiton Guimarães Passos.

 

Recebidos pelos funcionários da panificadora, os alunos do Senai conheceram in loco todo o processo diário, desde a produção da massa até o produto final disponibilizado aos clientes. Viram como são feitos produtos como bolos, pães, salgadinhos e doces variados. Conheceram equipamentos, as medidas de segurança, de higiene, atendimento ao público, dentre outras atividades.

 

Eretiano Melo, proprietário da panificadora Pão Recife, ressaltou a importância da iniciativa do Sindipan e do Senai, de trazer alunos de panificação para conhecer a realidade e o dia a dia de uma panificadora. “Em meu ponto de vista, é excelente para o aluno e também para nós, empresários, que poderemos contar com mão de obra qualificada. Sempre costumo dizer que qualquer profissional treinado pelo Senai, onde chegar, vai ter garantido seu lugar no mercado de trabalho”, disse.

 

Atuando no ramo de distribuição, o aluno Noel Kadowaki disse que começou no curso de panificação por curiosidade, buscando entender um pouco mais sobre o segmento. “Depois do curso comecei a ter outra visão. O curso realmente é muito bom, profissionalizante, eu pensei que fosse mais simples, mas é bem diferente do que eu pensei. É bem aprofundado, o material didático é muito bom e além disso, ainda estamos aprendendo a parte da gestão e a logística de produção”, contou.

 

O presidente do Sindipan-RO, José Balbino Nascimento juntamente com o gerente da escola Senai Marechal Rondon, Cleber Santos, esteve na panificadora acompanhando o desempenho dos alunos durante o breve estágio. Ele ressaltou a parceria do Senai e o ótimo trabalho desenvolvido pelo Cleber junto à instituição e ao sindicato, e apresentando resultados positivos.

 

Balbino destaca que o objetivo principal é que os alunos conheçam o chão de fábrica e vivenciem o dia a dia de uma panificadora. “Considero que estas atividades fora da sala de aula, agrega conhecimento e eles aprendem na prática, o que veem na teoria. É preciso colocar a mão na massa, literalmente. Isso vem de encontro às metas do Sindipan e do Senai e dos empresários do setor, ou seja, ter à disposição, profissionais qualificados, sem vícios e com outra visão de mercado”, afirmou.

 

Segundo Cleber Santos, este curso conta com um diferencial. Pela primeira vez os alunos de Panificação têm a oportunidade de unir teoria e prática. Nos cursos anteriores, os profissionais saiam direto para o mercado de trabalho, mas sem nenhuma experiência, sem este contato com a realidade da profissão e sem conhecer o chão de fábrica. 


veja também

SENAI
Departamento Regional de Rondônia
Rua Rui Barbosa, 1112 - Arigolândia - 76.801-186 - Porto Velho - Rondônia - Brasil